Hospital Pedro I suspende visitas após aumento no número de casos de Covid-19, em Campina Grande

Hospital Pedro I suspende visitas após aumento no número de casos de Covid-19, em Campina Grande

O Complexo Hospitalar Municipal Pedro I está adotando medidas para o enfrentamento ao surgimento de novos casos da Covid-19. Além da ampliação do número de leitos para pacientes com coronavírus, a unidade hospitalar suspendeu as visitas como forma de evitar o contágio da doença.
Atualmente, o Pedro I tem nove pacientes internados, sendo um deles em UTI.

De acordo com o diretor médico do hospital, Vitor Nobre, as internações são decorrentes do fato de os pacientes apresentarem outros agravantes associados, como comorbidades ou doenças de base.

“É uma nova onda da doença, o que é comum na evolução dos vírus respiratórios, mas se trata de uma subvariante da Ômicron, então as pessoas que estão imunizadas tendem a apresentar sintomatologia leve. É preciso tranquilizar a população e orientar a adotar medidas como higienizar as mãos, e usar máscara caso esteja com sintomas”, disse.

O Hospital Municipal Pedro I é a maior referência na região para atendimento a pessoas com sintomas da Covid-19. Além dele, o Hospital Municipal Dr. Edgley e as duas Unidades de Pronto Atendimento realizam o atendimento a pacientes adultos. O Hospital da Criança e do Adolescente é a referência para pessoas até 14 anos e o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA) para gestantes. No Centro de Saúde Francisco Pinto, nos distritos e nas unidades do Complexo Aluízio Campos também é realizada a testagem.

Além dessas medidas, no final de 2023, a Vigilância em Saúde do Município já havia emitido uma circular orientando o uso de máscaras nas unidades hospitalares. Contudo, a ação mais importante é a vacinação. A cobertura vacinal está abaixo de 20% na cidade. O imunizante está disponível em todas as salas de vacina, no Terminal de Integração e no ponto do Natal Imunizado. A vacina bivalente está sendo ofertada para todas as pessoas a partir de 18 anos de idade e o reforço da bivalente para imunossuprimidos e idosos.

Fonte: https://www.clickpb.com.br/saude/hospital-pedro-i-suspende-visitas-apos-aumento-no-numero-de-casos-de-covid-19-em-campina-grande-833633.html